sábado, 31 de dezembro de 2016


sábado, 24 de dezembro de 2016

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

Diverte-te com este jogo!

domingo, 11 de dezembro de 2016

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016



O Antigo Regime Europeu: regra e exceção

1. Definir Antigo Regime.
2. Reconhecer o absolutismo régio como o ponto de chegada de um processo de centralização do poder régio iniciado na Idade Média.
3. Identificar os pressupostos fundamentais do absolutismo régio, nomeada­mente a teoria da origem divina do poder e as suas implicações.
4. Reconhecer a corte régia e os cerimoniais públicos como instrumentos do poder absoluto.
5. Caracterizar a sociedade de ordens de Antigo Regime, salientando as per­manências e as mudanças relativamente à Idade Média.
6. Reconhecer o peso da economia rural no Antigo Regime, sublinhando o atraso da agricultura devido à permanência do Regime Senhorial.
7. Explicar os objetivos e medidas da política mercantilista.
8. Relacionar o mercantilismo com a grande competição económica e política entre os estados europeus no século XVII.
9. Explicar a adoção de políticas económicas não protecionistas, por parte da Holanda, num contexto de predomínio de teorias mercantilistas.
10. Caracterizar a arte barroca nas suas principais expressões.
11. Reconhecer a importância do método experimental e da dúvida metódica cartesiana para o progresso científico ocorrido.
12. Apontar as características da organização política das Províncias Unidas(República com um governo federal).
13. Referir a recusa da sociedade inglesa em aceitar a instauração do absolutismo.
14. Relacionar o dinamismo e os valores da burguesia do norte da Europa com a criação de instru­mentos comerciais, financeiros e políticos inovadores e eficazes.
15. Reconhecer a capacidade que ingleses e holandeses demonstraram ao nível da acumulação de capital e do seu reinvestimento no comércio internacional (capitalismo comercial).
16. Reconhecer o reinado de D. João V como um momento de afirmação da monarquia absoluta de direito divino em Portugal, mas limitado pela necessi­dade de respeitar os costumes, a justiça e as leis fundamentais do reino.
17. Caracterizar a sociedade portuguesa como uma sociedade de ordens.
18. Caracterizar a economia portuguesa na primeira metade do século XVII.
19. Relacionar as dificuldades vividas pela economia portuguesa no final do século XVII com a implementação de medidas mercantilistas.
20. Explicar o impacto do Tratado de Methuen e do afluxo do ouro brasileiro no setor manufatureiro e na balança comercial portuguesa.
21. Avaliar as consequências internas e externas do afluxo do ouro do Brasil a Portugal.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Com tecnologia do Blogger.

.