quinta-feira, 30 de março de 2017


segunda-feira, 27 de março de 2017

quinta-feira, 23 de março de 2017


terça-feira, 21 de março de 2017


segunda-feira, 20 de março de 2017

As revoluções liberais

1. Descrever o processo que levou à criação dos EUA, tendo em conta a relação de proximidade/conflito com a Inglaterra e o apoio por parte da França.
2. Verificar no regime político instituído pela Revolução Americana a aplicação dos ideais iluministas.
3. Analisar as condições económicas, sociais e políticas que conduziram à Rev­olução Francesa de 1789.
4. Reconhecer a influência das ideias iluministas na produção legislativa da As­sembleia Constituinte (abolição dos direitos senhoriais, Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão e Constituição de 1791).
5. Descrever as principais etapas da Revolução Francesa.
6. Mostrar a importância da Revolução Francesa de 1789 enquanto marco de periodização clássica (passagem do Antigo Regime à Idade Contemporânea).
7. Apresentar a situação política portuguesa imediatamente antes e durante o período das Invasões Francesas, com destaque para a retirada da Corte para o Rio de Janeiro e para a forte presença britânica, relacionando-as com a eclosão da Revolução de 1820.
8. Caracterizar o sistema político estabelecido pela Constituição de 1822.
9. Descrever sucintamente as causas e consequências da independência do Brasil.
10. Reconhecer o carácter mais conservador da Carta Constitucional de 1826.
11. Integrar a guerra civil de 1832-1834 no contexto da difícil implantação do liberalismo em Portugal, nomeadamente perante a reação absolutista.
12. Identificar na ação legislativa de Mouzinho da Silveira e Joaquim António de Aguiar medidas decisivas para o desmantelamento do Antigo Regime em Portugal.

quarta-feira, 15 de março de 2017

segunda-feira, 13 de março de 2017

sexta-feira, 10 de março de 2017

Da Revolução Agrícola à Revolução Industrial



1. Explicar o processo de modernização agrícola, na Inglaterra e na Holanda, no final do século XVIII.
2. Indicar os principais efeitos da modernização agrícola.
3. Enumerar os fatores que explicam o aumento demográfico registado na Inglaterra nos finais do século XVIII/início do século XIX.
4. Enunciar as condições políticas e sociais da prioridade inglesa.
5. Relacionar o desenvolvimento do comércio colonial e do setor financeiro com a disponibilidade de capitais, matérias-primas e mercados, essenciais ao arranque da industrialização.
6. Referir as condições naturais e as acessibilidades do território inglês que contribuíram para o pioneirismo da sua industrialização.
7. Definir os conceitos de maquinofatura e de indústria, distinguindo-os das noções de artesanato, manufatura e indústria assalariada ao domicílio.
8. Identificar as principais características da primeira fase da industrialização (“Idade do vapor”).
9. Referir a importância da incorporação de avanços científicos e técnicos nas indústrias de arranque (têxtil e metalurgia).
10. Reconhecer as “revoltas luditas” como primeira modalidade de reação a conse­quências negativas, para as classes populares, do processo de industrialização.
11. Problematizar a proposta interpretativa segundo a qual apenas na Época Con­temporânea as sociedades humanas geraram problemas ambientais graves.
12. Relacionar industrialização com agravamento de condições de higiene e segurança no trabalho, com poluição e com degradação das condições de vida em geral.
13. Relacionar a industrialização com consumo intensivo de recursos não ren­ováveis e com alterações graves nos equilíbrios ambientais.

segunda-feira, 6 de março de 2017

quinta-feira, 2 de março de 2017


Fica aqui a matriz do teste.

E que tal treinar para a prova? Clica aqui para a ficha de preparação.

Bom Estudo!!

Resultado de imagem para animais a estudar
Com tecnologia do Blogger.

.